quarta-feira, 11 de maio de 2011

Sobre a Falsa Dicotomia

Falsa Dicotomia, do latim "não tenho argumentos, por isso uso falácias". Um esporte muito praticado pelas pessoas nas redes sociais e em discussões infrutíferas das mais diversas, seja no Twitter, Facebook, no falecido mIRC ou em grupos de discussão. A necessidade por ter razão e provar que a outra parte da discussão está errada é maior do que o cerne da questão ou mesmo que a qualidade do argumento. Não importa o quão escatológica seja sua verborragia, contanto que no final você vença.

Vale a pena? Eu, particularmente, acho que não. Me sinto esgotado intelectualmente quando tenho que participar de uma discussão qualquer e escuto pérolas como "mas isso é a SUA opinião", como se eu tivesse moral pra falar pela Presidente, por exemplo. Uma dica: se sou EU quem estou falando, isso reflete a MINHA opinião. Mesmo que ela tenha vindo emprestada de alguém ou roubada na cara de pau mesmo. Prêmio Tautólogo do Ano pra você.

Na época das eleições era lindo fazer críticas ao PT e ouvir pérolas como "Tucano de merda" ou "Baba ovo do Serra". A idolatria cega as pessoas e fez com que esses arautos da política esquecessem completamente que havia diversos outros candidatos. Essa é a falsa dicotomia, se você critica o PT, NECESSARIAMENTE você é PSDB e vice-versa, não pensem que os eleitores dos outros partidos são diferentes, pois não são.

Também há aqueles que já começam "argumentando" com brilhantismos e exemplos de erudição como "babaca de merda", "foda-se seu lixo" ou coisas parecidas pra depois dizer que você está errado. O inicio da sua argumentação reflete exatamente o que você vê no espelho.

Isso sem falar dos Doutores em dialética, oratória e tudo o mais, que esperam você emitir opinião sobre qualquer assunto e, se me permitem, de forma sublime não pensam duas vezes em dizer "você não pode generalizar". Você está falando sobre o povo brasileiro, então na mente energúmena daquele sujeito você deve especificar CADA brasileiro existente pra não cometer injustiças. Esses são os mesmos que dizem "seu cuzão de merda, quem é você pra julgar alguém?". A necessidade de ofender é tão grande que fico pudibundo com a incapacidade da criatura em perceber que ele começou toda sua explanação fazendo um julgamento ofensivo e precipitado.

Por isso eu digo: discutir na Internet é inútil, mes amis. Aproveitem o seu tempo on-line de outra forma.

3 Comentários:

Herbert disse...

Sim, discutir na internet é uma grande besteira. :)
Mas sobre discussões em geral:
"That's the beauty of argument, if you argue correctly, you're never wrong. "
Nick Naylor - Obrigado por fumar (2005)

Orlando disse...

Legal. Mas discutir na internet não é diferente de discutir ao vivo. Os problemas são os mesmo. Tb não acho que devemos abrir mão das discussões. Ou vamos nos encastelar. Além do mais, admitamos. Todos gostamos de um barraco no Twitter, desde que não seja conosco. Ou mesmo asim.

luigialmeida disse...

O grande problema é que o modo "internet" de discutir está saindo da rede e indo offline também.
Aí, a maioria das pessoas acha que ganha uma discussão gritando e ofendendo o outro.
É MUITO difícil você ver uma discussão sendo discutida, argumentada, com fatos. Infelizmente.

Postar um comentário

Marcadores

2010 Adeus Aeroporto Agências Álbuns Ameaça American Idol Aposentadoria Apple Aprovação Argentina Artigos Assassinato Ateismo Ateísmo Avião Avó Balão BBB11 Beatles Bexiga Bicicleta Bike Blogs Bom Senso Brasil Bullying Cagar Regra Cancelamento Carnaval Carro Casamento Cerveja Chile Chris Medina Ciclovia Ciência Cissa Guimarães Clipe Coleções Comportamento Compra Coletiva Congestionamento Conselho Contos Controle Corinthians Cotidiano Crítica Crônica Danilo Gentili Decisão Democracia Desconto Desrespeito Detran Devassa Diagnóstico Dicas Dilma Dinheiro Discussão Divagando Diversos Dor de Cabeça Dorflex Ecochatos Ecologia Economia Educação Educação Financeira Eike Batista Eleição Emprego Enem Engarrafamento Entrevista Enxaqueca Esportes Estatísticas F1 Facepalm Falsa Dicotomia Felicidade Felipe Massa Felipe Neto Fenômeno Fernando Alonso Figurinhas Firework Fiuk Futebol Gay Gente que Hashtag Heartbrake Warfare Home Office Hora do Planeta Inception Inclusão Digital Inclusão Social Infância Internacional Internet iPad IR João Roberto Jogo de Equipe John Mayer Juliana Justin Bieber Katy Perry Kibe Lei Leis Listas Maria Cláudia Medicina Meme Mineradores Modinha Mulheres Mundial Música Natal Nordeste Old On-Line Opções Opinião Orgulho Verde Orkut Palmada Paula Peito Piada Poder de Escolha Política Politicamente Correto Poupança Preço Justo Rafael Mascarenhas Redes Sociais Reencontro Rehab Relacionamentos Religião Resgate Roberta Ronaldo Rotina Sabrina Sato Sandy São Paulo Sapatos Senado Separatismo Serra Sociedade SP Steve Jobs Sucesso Tecnologia TOP10 Trabalho Tráfego Trânsito Troll Twitter União Ventilador Vício Vida Vídeo Videogame Violência Zé Augusto

Arquivo do blog

Online

  ©Cadê meu Dorflex? - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo