segunda-feira, 19 de julho de 2010

Cientistas não tem bunda grande. Nem precisam.

Muita gente reclama da bundalização da TV. Alguns reclamam com propriedade, apenas desejando que as emissoras abertas produzissem um conteúdo de melhor qualidade. Outros reclamam pelo simples fato de reclamar, parecer engajados ou por puro tédio. Mas esteja você reclamando com ou sem propriedade, boa parte da culpa pela grade pobre na TV aberta é sua. É minha. É nossa.

Não é preciso sequer assinar TV à cabo para se livrar dessa bundalização. Há poucas, mas boas opções dentro da TV aberta de programas que podem ensinar alguma coisa e não apelam para pouca ou nenhuma roupa para [tentar] conquistar audiência. O problema é que esses programas normalmente são cedo ou tarde demais pra despertar interesse na maioria das pessoas.

Olhe pra dentro de si e concorde comigo. Normalmente são necessários muitos recursos fúteis para entreter uma grande platéia. Filmes com 2h de duração e efeitos especiais assustadores, custando centenas de milhões de dólares, atrizes semi-nuas com cachês altíssimos, galãs com o tórax à mostra em horário nobre.

Agora se pergunte: quanto de ciência é necessário para entreter essas pessoas? Normalmente basta um vídeo de 1 minuto ou um pouco mais. Sorrisos se abrem e olhos brilham diante da mágica exercida pelo que pode ser demonstrado diante de todos. A ciência é maravilhosa e pode sim divertir ao mesmo tempo que ensina.

Faça um teste: pare um pouco de procurar os clipes da Lady Gaga e faça uma busca por "science experiment" no Youtube. Ou se não quiser ter esse trabalho, assista o vídeo abaixo, onde adultos se divertem como crianças com uma simples bexiga cheia de ar e alguns ventiladores sem pá:



Duvido que esses caras trocassem essa diversão por bundas ou peitos na TV.

7 Comentários:

Ed disse...

Simplesmente magnífico.

Me deu até vontade der ir lá brincar um pouco com eles...

O que prova que conhecimento/cultura e afins não tem de ser necessariamente chatos.

Naga Riddle disse...

nice! Vou procurar fazer a busca UAHSAUHS

Heloisa B. disse...

Adorei o texto,muito verdadeiro ... Talvez uma boa resposta pros índices de audiência da TV,que vêm caindo muito,seja porque os brasileiros estão tendo mais acesso à cultura pela internet . Ou pelo menos é o que minha mente otimista quer pensar,HAHA.

Heloisa B. disse...

Só mais uma coisa : não sei se estou enganada,mas na verdade isso não é exatamente um ventilador sem pá,é uma invenção chamada multiplicador de ar (que basicamente é um ventilador mais bonitinho com mecanismo diferente HAHA) : http://diariodetecnologia.com.br/tag/multiplicador-de-ar aqui fala um pouco dele .

dani labra disse...

Um tapinha não dói, mas cinturada e chinelada, porrada na criança é lamentável.

Hoje existe a conversa, o olho no olho e o tapinha na hora e dose certa. Disso sou à favor.

Sou mãe de uma menina sapeca de 2 anos e meio que é super esperta e saca quando faz besteira... Limite tem que ser dado e disciplina também.

Mas sou radicalmente contra o abuso de violência.

Tapinha de ordem moral e de advertencia acho que é um bom caminho.

21 de julho de 2010 13:29

Bia Almeida disse...

Hein? Acho que a pessoa acima queria comentar em outro post...
Mas, tá valendo! ;)

Tamara disse...

Concordo plenamente!!!

Postar um comentário

Marcadores

2010 Adeus Aeroporto Agências Álbuns Ameaça American Idol Aposentadoria Apple Aprovação Argentina Artigos Assassinato Ateismo Ateísmo Avião Avó Balão BBB11 Beatles Bexiga Bicicleta Bike Blogs Bom Senso Brasil Bullying Cagar Regra Cancelamento Carnaval Carro Casamento Cerveja Chile Chris Medina Ciclovia Ciência Cissa Guimarães Clipe Coleções Comportamento Compra Coletiva Congestionamento Conselho Contos Controle Corinthians Cotidiano Crítica Crônica Danilo Gentili Decisão Democracia Desconto Desrespeito Detran Devassa Diagnóstico Dicas Dilma Dinheiro Discussão Divagando Diversos Dor de Cabeça Dorflex Ecochatos Ecologia Economia Educação Educação Financeira Eike Batista Eleição Emprego Enem Engarrafamento Entrevista Enxaqueca Esportes Estatísticas F1 Facepalm Falsa Dicotomia Felicidade Felipe Massa Felipe Neto Fenômeno Fernando Alonso Figurinhas Firework Fiuk Futebol Gay Gente que Hashtag Heartbrake Warfare Home Office Hora do Planeta Inception Inclusão Digital Inclusão Social Infância Internacional Internet iPad IR João Roberto Jogo de Equipe John Mayer Juliana Justin Bieber Katy Perry Kibe Lei Leis Listas Maria Cláudia Medicina Meme Mineradores Modinha Mulheres Mundial Música Natal Nordeste Old On-Line Opções Opinião Orgulho Verde Orkut Palmada Paula Peito Piada Poder de Escolha Política Politicamente Correto Poupança Preço Justo Rafael Mascarenhas Redes Sociais Reencontro Rehab Relacionamentos Religião Resgate Roberta Ronaldo Rotina Sabrina Sato Sandy São Paulo Sapatos Senado Separatismo Serra Sociedade SP Steve Jobs Sucesso Tecnologia TOP10 Trabalho Tráfego Trânsito Troll Twitter União Ventilador Vício Vida Vídeo Videogame Violência Zé Augusto

Arquivo do blog

Online

  ©Cadê meu Dorflex? - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo