terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Análise técnica do clipe Firework, da Katy Perry

Ok, eu não sou muito fã de ouvir rádio no carro, mas como ando enjoado dos meus cds e nunca mais baixei nada nem gravei o que eu baixei, me restou passar os dias indo e voltando pro trabalho ouvindo rádio. Fico alternando entre Oi FM, Jovem Pan e Transamérica. Eis que uma música em especial me chamou a atenção, não exatamente de forma positiva. O nome da música é Firework e descobri que ela é da Katy Perry, a branquinha edificante porém desafinada queridinha do mundo Pop.

Eu não vou entrar nos pormenores da melodia, porque convenhamos, é um tutz-tutz (bate-estaca, dance, música de boate pra pitboy dançar tomando whisky com energético). Mas supostamente a música passa uma "mensagem". Você deve 'liberar os fogos de artifício que existem dentro de você". Deixa o titio dar uma dica: fogos de artifício queimam, eles devem ser usados com cuidado. O clipe começa com ela cantando numa sacada, depois passa pra uma casa onde duas crianças sofrem por ver seus pais brigando, em seguida pra uma espécie de festa onde uma gordinha tem vergonha de entrar na piscina. Dude, veja as gostosas que estavam na piscina. Até a Gisele Bündchen teria vergonha de entrar naquela piscina, mais clichê impossível. A apelação é tamanha que até um garotinho com câncer é usado.

Aí acontece isso:



Sim, isso mesmo. Ela começa a botar fogos pelo peito. What. The. Fuck. Só me lembrei da Kombi da Phoebe, que acende o peito da mulherzinha desenhada. De alguma forma, botar fogos pelo peito contagia as pessoas. Isso encoraja até a gordinha a entrar na piscina das gostosas do comercial da Kolynos. Passando disso, cortam pra um rapaz que começa a ser assaltado, mas o cara é mágico, whiskas, sachê. Tipo que o ladrão poe a mão nos bolsos do rapaz e saem DUAS POMBAS de lá. Considerando que a Katy Perry bota fogos pelo peito, andar com 2 pombas no bolso de madrugada parece até normal.

Aí a imagem corta de novo pro garotinho com câncer. Eu não cursei medicina, mas por fogos pelo peito quando você tem câncer não parece o melhor tipo de tratamento. Mas isso não é nada. Ele entra no quarto ao lado e dá de cara com uma senhora PARINDO FOGOS. Sim, um garoto com câncer vê isso aqui:

Uma mulher soltando fogos pelo útero. Dando a luz a um buscapé. Imaginem o tamanho do trauma pra um pirralho com câncer presenciar essa cena. Essa cara de dor da mulher não é nada demais, FOGOS QUEIMAM, PORRA! Atentem no clipe pra cara do pirralho de "WHAT THE FUCK?". Segundos depois dois caras se beijam. Tipo, TUDO A VER. Aí o mágico consegue impedir o roubo soltando fogos pelo peito e fazendo mágicas. Tá aí a solução para a criminalidade. A gordinha 'sijogou' na piscina e começou a botar fogos pelo peito. Pelo visto esses fogos são à prova d'água. Essa pérola de clipe está logo aí abaixo. Divirtam-se.


PS: ninguém está aqui questionando a edificância da Katy Perry.

PS2: é muito engraçado ver a reação das pessoas no Twitter. Um afetado disse que jamais iria me seguir porque eu "estava falando mal da Katy". O sujeito fala como se fosse o melhor amigo da Katy Perry, sério, isso é além do vergonhoso. A outra se magoou porque eu estava criticando o trabalho da Katy Perry, como se eu não pudesse criticar ou como se a cantora fosse sei lá, parente dela. OH MY GOD, se matem.

29 Comentários:

Rodolfo Lôbo @therlobo disse...

É sério mesmo que você disse tudo isso acima?
Eu li uma vez, li uma segunda vez tentando entender o texto como algo humorístico mas não me surpreendi por você ter feito essa análise do clipe.
Claro, não gostar do clipe é algo compreensível já que todos apresentamos gostos diferentes entretanto penso que a metáfora dos fogos saindo das pessoas ficou bem clara, até minha irmã de 4 anos a percebeu e imagino que você também.
Eu gosto do clipe e penso que ele passa uma mensagem interessante (mesmo que possa parecer piegas para alguns).

Silvia Spinassi disse...

ela tem algum grilo com peito, só pode. Em "California Gurls" sai chantilly dos peitos dela.

Guilherme Paiva disse...

A galera leva tudo pro pessoal, tudo muito a sério. Vale a velha máxima: Não sabe brincar, não desce pro play.

Guilherme disse...

MENSAGEM??? Deveria ter uma MENSAGEM ANTES do Clip, dizendo: "O Ministério da Saúde Adverte: Soltar fogos pelo peito MATA!!" Ou então um recado: Pelo Amor de DEUS NÂO TENTEM ISSO EM CASA!!! É de uma irresponsabilidade tremenda uma pessoa que faz músicas para jovens e até crianças fazer um clipe ao mínimo imbecil desse. Se fosse um clipe de Rock todo mundo ia encher o saco mas só pq ela é linda e olhos azuis.... Poxa a gente não precisa de um documentário no Clipe mas dá para ter mais criatividade... E bom gosto. Não questiono nem a qualidade musical pois gosto é gosto mas o clipe é horrendo...Até os do Poison são melhores.

Deborah Cabral disse...

A Katy Perry é legal sim, mas esse clipe é muito, mas MUITO, WTF. Tenho certeza que se fosse a Kelly Key com o mesmo clipe todo mundo ia dizer que era tosqueira, mas só pq ela é americana, "o clipe tem uma profunda filosofia metafórica". Parece que é só colocar alguém careca que o clipe atinge níveis de "ser sério". Não, não é. Fogos saindo dos peitos não é legal, pessoal.

Parabéns pelo texto, faz tempo que eu queria alguém falando a verdade sobre esse clipe bizarro.

haters gonna hate

Iury BAS disse...

Sem falar, amigo Marcel, que devem ter gravado este clip com a equipe do corpo de bombeiros coladinha do lado. Realmente ela tem um certo prazer em fazer coisas estranhas saírem de suas mamas, pois como a Silvia Spinassi disse ai em cima, em outro clipe dela sai chantili, mas até ai ‘’aceitável’’, já que chantili tem ligação com leite e talz.

E outra coisa que tenho certeza é que o Edward do Crepúsculo ficou com a maior inveja dela. Tanto pelos fogos brilhantes e coloridos, quando pelas mamas.

erkedes disse...

Spaceman do The Killers é bem ridículo também, hahaha
(Antes de qualquer coisa, quero falar que gosto de The Killers).

Juliana Trinci disse...

O clip é ridículo e tals, a mina é mais uma Britney-Chris Aguilera-da-vida-que-sonha-em-um dia ser-a-nova-Madonna-mas-se-queima-antes-disso.
Mas o lega mesmo é ver os argumentos nos quais seus fãs, ops, admiradores de seu trabalho se apoiam para criticar.
Ah sim
"grilo no peito" #euri haiaaiahaia

Aequam disse...

Depois eu que sou chata, velha e saudosista. No meu tempo de adolescente existiam clips bacanas, que contavam histórias, que requeria grande produção e cuidado (exemplos:smooth criminal, do MIchael; Can't stop loving you, do Van Halen; Another brick in the wall, do Pink Floyd); hoje em dia os clips me deixam com cara de 'ué?' .

Sei lá,tem quem goste, respeito. Mas reservo-me no direito de achar isso uma droga. Agora tenho de dar minha mão à palmatória: o clip da Lady Gaga, 'Bad Romance', ficou bacana:

http://www.youtube.com/watch?v=XUWfL32S5PA

Ah...falha minha: não é da Lady...

Áurea Souto disse...

Quando vi esse clipe pela primeira vez, fiquei com o mesmo pensamento: "WTF?? Será que ninguém tá percebendo a comicidade dessa p%$#@? Que droga de idéia é essa de soltar fogos pelos peitos??" Ela poderia ter transformado o lance do you're firework numa droga de metafora, mas não, preferiu literalmente soltar fogos pelos peitos, ou fazer alguém parir fogos, etc. E ainda tem gente que defende... eu hein!

Cab disse...

Taí, eu meio que gostei da metáfora do clipe, é meio que dizendo "ó, eu não to nem aí se tem bilhões de garotas propaganda da kolynos na piscina, vou mais é mostrar todo o meu brilho e me divertir". =D

Se bem que eu concordo que usar o garotinho com câncer já foi uma mega apelação para o lado emocional que acaba chateando ao invés de emocionar. =/

PS: Se prepare para receber uma horda de fãs ensandecidos da Katy Peitos por aqui, já passei por algo parecido com a Avril Lavigne lá no meu blog. =P

Alex Silva Ferrari disse...

Ainda não entendi se isso é uma analise de humor ou se é séria. JURO!
Pra falar a verdade, eu gosto desse clipe, achei bem interessante e bonito, mas não entendi NA-DA do que vc quis dizer nesse texto!

afagundes disse...

A KP é linda, extra-edificante. Dito isto, o clipe é uma merda. E nem vou elaborar sobre a qualidade da música.

Angélica Britto disse...

O texto até que tá engraçado, mas eu gostei do clipe, independente de gostar ou não da música. Deve ser por que no meu curso a gente tem que ver o lado subjetivo de tudo! Mas eu concordo com o Rodolfo Lôbo que disse que a metáfora ficou bem clara.

Daniela Lopes disse...

Eu acho que com tantos clipes horríveis que tem por ai, esse é só mais um a passar a imagem errada.
Mas ... a palavra já diz, se o cara é fã, nunca vai notar a porcaria que o artista faz.

Belo texto!

PS. Se fogos jorrarem do meu peito de alegria, prometo que se sobreviver eu posto como prova dos 9!! hahahahaha

Alice disse...

triste vc nao notar q sao metaforas e SITUAÇOES DIFERENTES q se passam em cada cena. triste.

M. K. Kuhnen disse...

Não gostei do seu post, pois a Katy é minha prima. Ri-sos.

j. noronha disse...

O mais WTF de tudo é o Spock jovem com um baralho na mão aos 2:27.

Guilherme Reis disse...

Hahahaha... Adorei o comentário do meu xará lá em cima!

Logo que vi o clipe pela primeira vez, eu achei bizarro. Aí vi o clipe novamente com a letra original, e percebi que a ideia era de uma música motivacional.

O primeiro comentário que fiz no twitter, na época, foi: "Porque diabos alguém faz uma música motivacional aonde as pessoas pegam fogo?"

Hahahahaha...

Otávio Henrique disse...

Todo mundo tem o bel prazer de criticar, mas o que mais me revolta é a crítica mal feita. Tanto que o ponto central do texto é ''como pode alguém soltar fogos pelos peitos?''. Deixando claro que se a Katy Perry morresse amanha não faria a mínima falta na minha vida. É evidente que os ''fogos pelo peito'' são abstratos. Uma simples tradução da letra nos revela que a mensagem é para ser um fogo de artifício, parecer-se com um, não sair explodindo por ai. E isso acontece no clipe nos momentos em que reações ou decisões importantes são tomadas. Se alguém manda ter fé, você não vai ao mercado da esquina pra comprar. E como transmitir a ideia de algo abstrato em um VIDEO, se não fosse simplesmente mostrando? Talvez, se ela se transformasse em um pavio e saísse faiscando pelos céus tudo bem? Depois de Starwars, Harry Potter, Crepúsculo algo ''surreal'' te causa tanto desconforto assim em um CLIPE MUSICAL, em que mundo você vive, amigo? Pensar um pouquinho só antes de abrir a boca pra soltar um milhão de palavras ajuda e muito. Além disso, a metáfora do garoto com câncer é que provavelmente ele passou sua vida toda naquele quarto, e logo a primeira descoberta de alguém com a sombra da morte, é a maior manifestação de vida possível, tanto que ele só ''começa a por fogos pelos peitos'' quando sai do hospital, se liberta. Seguindo a linha aqui, alguém avisa Lady Gaga que óculos de cigarros não existem...

Paula disse...

Acho que o autor respondeu bem a galera do twitter, "o pessoal fala como se fosse amigo da Katy Perry" kkkk

Gosto do clipe e da cantora, entendi sim a mensagem do clipe e também a critica, entendi que era pra ser algo levado pro humor, a única coisa que não concordo é que no começo diz que ela desafina, muito pelo contrário acho ela ótima, todo cantor tem altos e baixos em apresentações, mas pelo menos ela canta mesmo, não é que nem a Ke$ha por exemplo que só vai na base de playback.

Áurea Souto disse...

Gente,

Isso que ela fez no cllipe não é metáfora, ela diz "you're a firework" e depois põe a imagem em que a pessoa literalmente solta fogos. Metáfora seria ela por as pessoas "brilhando", sem literalmente pegar fogo por aí, superando as dificuldades, vencendo e todas essas coisas...

Nem gosto de música pop, mas se ela queria fazer uma coisa tão manjada, que pelo menos fizesse direito, como aliás a Christina Aguillera faz bem no clipe d Beautiful, que é basicamente a mesma idéia, só que bem executada, tanto com relação à música quanto ao vídeo.

Pra quem não conhece: http://www.youtube.com/watch?v=sZjr0heZNIw

Carvalhal disse...

Tirando as figuras de linguagens simples e a boa intenção do clipe. De fato não resta nada.
De muito mau gosto mesmo. Música ruim, arranjo do tipo pop que todo mundo já ouviu. Música chata na verdade Ruim e chata.
A única coisa legal da música foi ter proporcionado esta postagem

Lucas disse...

Só não gostei de chamar o Pop da katy parry de "bate estava","dance" e "tuntz-tuntz"
É igual ouvir samba e chamar de pagode...
tirando isso eu ri com o texto, até eu fiquei meio WTF com o vídeo...
kkkkkkkkk

Marlu disse...

Olha, gosto muito das músicas e interpretações da Katy Perry, mas isso não vem ao caso, só queria dizer que ri horrores com a sua 'análise tecnica'!
Parabéns pela criatividade, vc me garantiu uns 5 minutos de risadas! Muito bom mesmo!

keila disse...

o clip é bem legal.aparece uma criança com cancer sim,idai?quando essas crianças com cancer ver esse clip vai ficar sem medo de aparecer na rua,vai vencer os obstaculos da vida desssa criança.esse clip insina agente ser nos mesmos,não ter vergonha e pra gente saber q somos pessoas muito especiais para alguem e que temos sempre o melhor de nós para dar!!algumas pessoas criticam esse video mas não prestam atenção em que o video quer dizer,as vezes é uma mensagem q nos precisamos para criar coragem e animo!uma mensagem linda perfeita para nós,mas as pessoas criticam sem intender!

vinicius disse...

Detesto essa tal de Katy tem a voz muito irritante,chata,enjoada e etc...Essa música mesmo nem se fala é muito insuportavél.Lixo!!!

Postar um comentário

Marcadores

2010 Adeus Aeroporto Agências Álbuns Ameaça American Idol Aposentadoria Apple Aprovação Argentina Artigos Assassinato Ateismo Ateísmo Avião Avó Balão BBB11 Beatles Bexiga Bicicleta Bike Blogs Bom Senso Brasil Bullying Cagar Regra Cancelamento Carnaval Carro Casamento Cerveja Chile Chris Medina Ciclovia Ciência Cissa Guimarães Clipe Coleções Comportamento Compra Coletiva Congestionamento Conselho Contos Controle Corinthians Cotidiano Crítica Crônica Danilo Gentili Decisão Democracia Desconto Desrespeito Detran Devassa Diagnóstico Dicas Dilma Dinheiro Discussão Divagando Diversos Dor de Cabeça Dorflex Ecochatos Ecologia Economia Educação Educação Financeira Eike Batista Eleição Emprego Enem Engarrafamento Entrevista Enxaqueca Esportes Estatísticas F1 Facepalm Falsa Dicotomia Felicidade Felipe Massa Felipe Neto Fenômeno Fernando Alonso Figurinhas Firework Fiuk Futebol Gay Gente que Hashtag Heartbrake Warfare Home Office Hora do Planeta Inception Inclusão Digital Inclusão Social Infância Internacional Internet iPad IR João Roberto Jogo de Equipe John Mayer Juliana Justin Bieber Katy Perry Kibe Lei Leis Listas Maria Cláudia Medicina Meme Mineradores Modinha Mulheres Mundial Música Natal Nordeste Old On-Line Opções Opinião Orgulho Verde Orkut Palmada Paula Peito Piada Poder de Escolha Política Politicamente Correto Poupança Preço Justo Rafael Mascarenhas Redes Sociais Reencontro Rehab Relacionamentos Religião Resgate Roberta Ronaldo Rotina Sabrina Sato Sandy São Paulo Sapatos Senado Separatismo Serra Sociedade SP Steve Jobs Sucesso Tecnologia TOP10 Trabalho Tráfego Trânsito Troll Twitter União Ventilador Vício Vida Vídeo Videogame Violência Zé Augusto

Arquivo do blog

Online

  ©Cadê meu Dorflex? - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo